quinta-feira, 8 de julho de 2010

México 1986: o pé de Deus






















14 comentários:

  1. Ahahahah! O pormenor das lucas do GR está fantástico, será que é um GR cozinheiro? :)

    ResponderEliminar
  2. Agora em 2010, foi mais o pé do ADEUS.
    Bjs

    ResponderEliminar
  3. A Unha esteve em todas, pá!
    Omnipresente!


    Deve fazer um arrozinho de frango (sem segundas intenções!) no forno todo supimpa! :P

    ResponderEliminar
  4. nem com o pé nem com a mão, levaram 4...

    ResponderEliminar
  5. À semelhança d'a Unha, A Mão de maradona foi abençoada pelo divino.

    ResponderEliminar
  6. Impossivel um arbitro descortinar esta ilegalidade futebolistica!

    ResponderEliminar
  7. O Maradona era só beijinhos, abraços e festinhas aos seus jogadores. Parece que ele e a equipa eram "unha com carne". Uma perguntinha: essas luvas são aquelas que uma empresa desenvolveu para o Eduardo, para ele agarrar melhor a "Jabulani". É que a bola parece que queima e ninguém, excepto o Eduardo, a agarra?

    ResponderEliminar
  8. Mais um grande golo isso é que importa...

    ResponderEliminar
  9. Agora deu-te para andar a estampar camisolas? :))

    ResponderEliminar
  10. "Las senõritas que me perdonem mas... chupem-lo e van continuar chupando"
    O Dieguito é o maior! Grande homenagem unha!!

    ResponderEliminar